Assistência Espiritual e Cursos

 


As atividades de Assistência Espiritual, abertas ao público em geral, estão funcionando nos seguintes dias e horários:

2.ª, 3.ª, 5.ª, 6.ª e sábado, das 20 às 21h.

2.ª, 3.ª, 5.ª e sábado, das 15 às 16h.

Solicitamos chegar com 15 minutos de antecedência.

Seja bem-vindo!

SOBRE OS CURSOS

Nossas aulas começaram (a partir de 18/03/2022) com os alunos que estavam matriculados em 2020.

Caso você faça parte de algum deles, compareça ao Centro no mesmo dia e horário, e informe-se com o dirigente do curso.

Se o seu desejo é iniciar o estudo da Doutrina Espírita, o Departamento de Ensino só está aceitando inscrição, caso haja vaga, e não tenha ultrapassado o limite das cinco primeiras aulas.

Dia e horário das aulas: 2.ª feira: 20h, 6.ª feira: 14h30 e sábado: 10h.

A Direção

 


Avenina Tonetti Gregório: 101 Anos de Existência (1920-2022) [Livro]

 


Sérgio Biagi Gregório, filho de Avenina Tonetti Gregório, fez uma compilação da vida de sua mãe. Resgatou, por meio de escritos e fotos, a sua passagem por este planeta, mas sobretudo o seu foco no Centro Espírita Ismael, onde desempenhou por vários anos funções administrativas na Assistência Social e funções de caráter espiritual, quando participava nos trabalhos de desobessão. 

Para mais informações, 

Acesse o site do Clube de Autores (https://clubedeautores.com.br/livro/avenina-tonetti-gregorio-2) e folheie 20 páginas.

Ou faça download gratuito do arquivo em pdf, postado no site do Centro Espírita Ismael




Músicas para Prece e outras Composições do Mestre Bismael


Bismael Batista de Moraes, colaborador e expositor do Centro Espírita Ismael, compôs músicas para prece e outros gêneros, agora na rede de computadores.

Eis as plataformas: 

Napster

Spotify

YouTube

Deezer

Tidal

Music

Shazam

Para buscá-la no YouTube, por exemplo, basta digitar Mestre Bismael.

 

 

Avenina Tonetti Gregório (17/12/1920 - 21/01/2022)



Começou a frequentar o Ismael em 1968.

Antes de vir ao Centro Espírita Ismael, participou, durante 5 anos do Centro Espírita Nosso Lar, das Casas André Luiz, em Vila Galvão.

Quis ir ao Ismael, porque havia cursos e precisava aprender o Espiritismo. Ali fez o Curso de Educação Mediúnica, o Curso de Aprendizes do Evangelho e o Curso de Passes.

Colaborava, no CEI, quatro vezes por semana. Dedicou-se exclusivamente aos trabalhos de desobsessão. Foi, durante 6 anos, diretora do Departamento de Assistência Social. Ajudou muito na costura. Nos chás beneficentes, era a montadora dos pratos de salgadinhos.

Em seu depoimento, quando do lançamento do livro “50 Anos do Centro Espirita Ismael 1962-2012 (Breve Histórico)”, encontramos:

“Presentemente, está afastada dos trabalhos, mas tem boas recordações dos senhores Nascimento, Humberto Bury, Henriqueta Bury, Antônio Sanches e Wanderlon.  Era uma turma muito unida. Acha que a sua presença no Centro ajudou a sua vida e a da sua família, pois o Espiritismo ensina a gente a fazer o bem ao outro. No trabalho de desobsessão, pela doutrinação, a gente ajuda um irmão em apuro”.

À Querida Mamãe

Onde estiver, receba nossa imensa gratidão pelo convívio amoroso nos seus 101 anos de existência.

Acompanhamo-la mais de perto nos seus derradeiros anos, ouvindo a reclamação das dores de cabeça constantes, as quais pareciam não ter fim. Esperamos que, ao passar para o outro lado da vida, elas se extinguiram.

Registremos o carinho com que foi cuidada pelas enfermeiras do hospital. Uma delas, olhando no seu olho, disse: tem cara de princesa; deve ter sido muito boa, pois o seu rosto reflete muita tranquilidade e sabedoria. 

Acreditamos que, ao passar para o além, foi recebida pelos seus mentores, pelos seus parentes, tais como o marido, o filho que já desencarnou, sua mãe, entre outros.

Aqui fica a saudade e a consciência do dever cumprido, apesar de nossos defeitos e da nossa ignorância com relação ao real tratamento humano.

Quando se sentir mais bem ajustada no mundo dos Espíritos e, for permitido, possa dar comunicação aos médiuns do Centro Espírita Ismael, Casa que colaborou por longos anos de sua vida.

Sentimos a sua falta, mas as determinações do Alto vão nos encaminhando para outros campos de interesse na Seara do Mestre. Os bons Espíritos sabem o momento oportuno para a separação.

Mãezinha. A senhora foi um espírito exemplar. Não teve inimigos; todos que se aproximavam da senhora saíam mais ditosos, mais encorajados. Contudo, é chegado o momento de partir.

Até breve.

Sérgio Biagi Gregório

 


Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Visitas (últimos 30 dias)

Pesquisa